Menos é Mais

18 out Menos é Mais

Me lembro bem, essa é uma frase muito mencionada nas aulas de design. É o ponto de partida para que um projeto gráfico ou de produto dê certo.

Afinal de contas, não é preciso exagerar no visual para parecer bonito, certo?

Este princípio vem do Minimalismo, que para quem não lembra ou não teve a oportunidade de ter aulas de história da arte, refere-se a uma série de movimentos artísticos e culturais de meados da década de 50, que preocuparam-se em expressar a arte pela redução formal de elementos, na limpeza visual dos gráficos, vulgarmente chamados de “estilo clean”.

Achei importante tocar nesse assunto aqui no blog pois pode ajudar muita gente a melhorar seus trabalhos, a pensar um pouquinho mais na hora de usar aquela fonte poluída ou exagerar nos gráficos das capas e miolos.

Como todos os artigos daqui são voltados ao design e diagramação de albuns fotográficos, vamos então aplicar o estilo minimalista nos nossos trabalhos?

Abaixo algumas comparações e exemplos claros do minimalismo aplicado em editoração/ diagramação:

Bom, fica a dica!

🙂

Vanuza Amarante
designer@vaalbuns.com.br